© 2016 por GEPEM/UFPA com Wix.com

Please reload

Tags
Destaque

Marielle Franco Presente!

March 16, 2018

1/6
Please reload

Divulgação: Dossiê Mulher e Mídia - Revista Observatório

24.06.2016

Revista Observatório está recebendo artigos e resenhas para a edição Janeiro-Abril de 2017 (v.3, n.1) até 28 de Fevereiro.

 

Dossiê: Mulher e Mídia

 

 

 

 

 

 

Editoras convidadas:

 

Dra. Cynthia Mara Miranda, Universidade Federal do Tocantins (UFT)

Dra. Sandra de Souza Machado, professora visitante da Universidade de Brasília (UnB) e Editora do Blog Igualdade – Correio Braziliense.

 

Ementa:

 

As mídias informacionais e publicitárias – cinema, televisão, rádio, internet, jornais, revistas, livros, panfletos, cartazes, outdoors – contribuem  para a formação da opinião pública. Se tais mídias, inseridas no processo de produção da informação e da propaganda, reforçam estereótipos e (más) representações sociais, intensificam a desigualdade e o desequilíbrio entre os gêneros (inclusive, para além do binarismo patriarcal) e evidenciam formas de sexismo, preconceitos e discriminações. Assim, não exercem a responsabilidade social, que é formar cidadãs e cidadãos conscientes e críticos.

 

É de fundamental importância que os meios de Comunicação Social sejam instrumentos para a propagação e a perpetuação da igualdade entre gêneros, principalmente, para a mudança das atuais representações imagéticas das mulheres. Tais mudanças de paradigmas visam a construção de nações inseridas na vanguarda das sociedades desenvolvidas, que respeitam a dignidade e valorizam a pessoa humana.

 

O dossiê Mulher e Mídia, nesse sentido, aceitará artigos que versem sobre as representações das mulheres nas mídias, em seus vários produtos, com destaque para as relações de gênero que são construídas e desconstruídas nos meios de comunicação de massa; a desigualdade de poder e a invisibilidade das mulheres nos cargos de poder da indústria midiática.   Também será dada prioridade aos artigos que destaquem a atuação dos movimentos de mulheres, feministas, para a construção da igualdade de gênero nos meios de comunicação, bem como a construção de ferramentas para o controle social dos mass media.

 

 

Please reload

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now